• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sinta-se Bem

4 Coisas muito nojentas (que usamos todos os dias)

Cuidado, pode estar se contaminando. Veja a solução.

Prepare-se, este post vai mudar sua opinião, fazendo com que sinta um leve nojo de você mesmo. Mas não precisa se desesperar, mudando alguns hábitos vai ficar tudo certo.

1. Garrafa Descartável

garrafa_4_nojeiras_sos_solteirospoloar

“des·car·tá·vel. 1. Que se pode descartar. 2. Que é feito para uma ou poucas utilizações (ex.: fralda descartável, lente de contato descartável).”

Bom, agora que você já sabe o significado da palavra, falta colocar em prática com as suas garrafinhas plásticas. Não, você não precisa jogar fora e utilizar apenas uma vez, basta lavá-la frequentemente.

Por que é nojento?

Segundo uma pesquisa publicada pela revista americana de medicina Pratical Gastroenterology, especialistas observaram o desgaste cotidiano provocado pela reutilização e lavagens repetidas, descobriram que isso pode levar a deterioração física do plástico, com o surgimento de rachaduras, além do afinamento visível, que podem se tornar abrigos para bactérias.

Como me livro da nojeira?

A solução seria lavar frequentemente com sabão neutro e água morna, enxaguar bem, e verificar se não tem nenhuma deterioração na garrafa. Se você utiliza garrafas – não apenas as descartáveis – no trabalho ou no seu dia-a-dia, lave-a imediatamente, segundo Cathy Ryan, professora de geociências na Universidade de Calgary, as bactérias crescem quando as condições corretas existem, como umidade e temperatura adequada.

 

2. Esponja de Banho

esponja_4_nojeiras_sos_solteirosotramedicina

É essencial tomar aquele belo banho com bucha. Só que não! Essa sensação de esfregar o seu corpo, retirando toda a sujeira e pele morta pode ser um tanto quanto perigosa para o seu bem estar.

Por que é nojento?

Um estudo  publicado na revista médica americana Clinical Microbiology, mostrou que a bucha vegetal pode abrigar e transmitir a bactéria Pseudomonas Aeruginosa. Para Esther Angert, professora associada no departamento de microbiologia da Universidade de Cornell, as buchas são higiênicas, o modo como conservamos é que afeta a sua longetividade. “O ambiente do chuveiro é úmido e com pouca circulação de ar, perfeito para bactérias”, diz Esther.

Como me livro da nojeira?

Por isso, após o uso, lave bem e seque a sua esponja fora do banheiro, caso contrário, quando você utilizá-la novamente estará espalhando a sujeira que tirou ontem.

Para higienizar a sua bucha, seque ela eventualmente no microondas por 20 segundos enquanto estiver úmida. Procure também mergulhar ela e uma solução com 5% de água sanitária. Além disso, troque a sua bucha com frequência.

A professora Esther ainda adverte que o ideal é abrir mão da bucha, pois para uma boa higienização, basta usar sabonete e as próprias mãos. Ok então!

 

3. Travesseiro

travesseiro_4_nojeiras_sos_solteirosbelosquartos

Ter um travesseiro favorito é normal, afinal, nos acostumamos com as noites de sono que ele proporciona, criando uma intimidade com o objeto. Mas saiba que ele deveria ser trocado com frequência.

Por que é nojento?

A quantidade de microbichos e fragmenos que se acumulam no travesseiro é enorme. Sujeira, óleo e pele morta vão se alojando lá dentro, além dos famosos ácaros, que em acúmulo causam problemas de saúde e acnes. Acne é a temida espinha, ok?

Como me livro da nojeira?

Troque o seu travesseiro frequentemente – de seis meses a dois anos – e lave sempre as suas roupas de cama, assim, apesar de não resolver o problema, ameniza o alojamento de ácaros e sujeira, segundo Robert Oexman, diretor do Sleep to Live Institute.

 

4. Cotonete

cotonete_4_nojeiras_sos_solteirosmelhoramiga

Passar um cotonete no ouvido é uma delícia, é como se acariciar por dentro – sem conotação sexual -. Mas o lance é que não é bom você colocar nada no seu ouvido – isso vale para conotação sexual -.

Por que é nojento?

“E eu vou ficar com cera no ouvido?” Vai sim. A cera é produzida para que o canal auditivo se mantenha limpo, afastando a poeira e a sujeira dos nossos tímpanos. Quando a cera envelhece, é jogada para fora com o movimento do nosso maxilar, mas ao usar cotonete, joga tudo para dentro, ficando presa em lugares que não se limpam sozinhos.

Isso pode produzir fungos, bactérias e vírus, principais causas de infecções e dores absurdas, diz Douglas Backous, presidente do comitê de audição da Academia americana de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Como me livro da nojeira?

Se você não consegue deixar o seu ouvido em paz, Backous recomenda um pouco de irrigação caseira. Faça uma mistura com partes iguais de vinagre, álcool etilico e água na temperatura do corpo. Pingue apenas algumas gotas em cada lado. E quanto ao cotonete, passe sempre por fora do canal, nunca dentro.

 

Fonte: Brasil Post

 

Rodrigo Guarizo
Jornalista em formação, já passou pelo Portal ObaOba e já brincou de social media, além de produzir festas por São Paulo e rodar o país tocando em baladas. Dono do incrível poder da memória inútil, conta histórias ricas em detalhes que ninguém se importa. Mas são legais.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui