3R: Técnica simples e surpreendente para ler textos longos
  • Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Crossfit Mental

chevron_left
chevron_right

3R: Técnica simples e surpreendente para ler textos longos

Pra quem chega ao fim da página e percebe que na verdade estava pensando em cortar as unhas.

Felippe Franco Publicado: 14/10/2015 15:10 | Atualizado: 04/12/2018 12:27

Um método de leitura simples, conhecido como 3R vem ganhando força entre estudantes e virou alvo de uma pesquisa. Criado para garantir que você preste atenção no que lê, essa técnica é para você que chega ao fim da página e percebe que estava o tempo todo pensando apenas em cortar as unhas.

leitura_3r_sossolteiros

Não há uma informação exata sobre como a técnica surgiu, mas segundo um artigo sobre o tema publicado no Australian Journal of Psychology, ela é aplicada por educadores há várias décadas, ainda que com pequenas variações.

O método se baseia na forma como o nosso cérebro registra o aprendizado. Ele combina em pouco tempo três efeitos psicológicos poderosos para o conhecimento, que são a auto-avaliação, a compreensão e a reação à leitura.

Traduzindo esses efeitos para os três R, basta registrar, recitar e reler:

  • Registre: leia um trecho. No máximo dois parágrafos, vá sem sede ao pote.
  • Recite: sem olhar, resuma em voz alta o que acabou de ler. O esforço fará com que seu cérebro fortaleça o registro desse conteúdo. Ao usar suas próprias palavras, você também percebe falhas de compreensão que não notaria.
  • Releia: sim, pegue o livro e volte ao mesmo trecho. Essa etapa permite que você alcance uma compreensão completa ao notar o que faltou no seu resumo.

estudando_3r_sossolteiros

studytipaday

Perfeito para estudar matérias chatas

Pesquisadores da Washington University, nos Estados Unidos, desenvolveram esse estudo com 3 grupos de universitários. Um grupo estudou através do 3R, outro com anotações, enquanto um terceiro apenas releu o conteúdo.

Na hora da prova, os alunos que usaram a técnica lembraram de trechos mais complexos do que os que releram. Em comparação às pessoas que estudaram por anotações, o aprendizado com 3R se deu no mesmo nível, mas gastou bem menos tempo.

Segundo essa pesquisa americana, comandada pelo professor de psicologia Mark McDaniel, a maior vantagem do método é que o conhecimento está sob controle do aluno. Além disso, uma outra pesquisa, da Universidade de Pádua, na Itália, também citada no artigo do Australian Journal of Psychology, reitera as palavras do especialista, afirmando que recuperar informações fortalece vínculos de memória.

Os responsáveis por esse artigo foram além, incluindo outros métodos no estudo: usando pequenas variações do 3R e outros completamente diferentes. Eles destacaram a importância das anotações, mas indicaram que a testagem do aprendizado é o diferencial. Isso pode ser feito através de provas frequentes, pelo colégio, ou de uma forma menos traumática: estudando em casa através de técnicas como o 3R.

“Tentar recuperar e reconstruir o conhecimento é uma maneira simples e poderosa para melhorar significativamente o aprendizado”, afirma a pesquisa italiana.

Então você já sabe, para estudar e realmente absorver as informações daquele texto longo, Registre, Recite e Releia.

Fontes: Psychological Science | Australian Journal of Psychology | Me Salva

Felippe Franco
Jornalista e redator, carioca não praticante, protagonista de clipes imaginários.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui