• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Sem Crise!

34 Dicas-e-Truques para ficar Rico (sendo pobre)

Uma porrada de dicas simples e eficientes para economizar e multiplicar a grana.

É pouca grana pra muito mês? Relaxa, tá todo mundo no mesmo barco.

dinehiro_sossolteiros

– Tá ok, eu vou aprender a viver sem isso.

Por isso mesmo vamos ensinar como ficar menos pobre, sem passar perrengue. O blog do Guia Bolso, aplicativo de organização financeira, separou uma porrada de dicas simples e eficientes para economizar. Selecionamos as melhores pra você aguentar firme até o final do mês.

***

1. Registre as despesas

O primeiro passo para quem quer economizar é aprender a controlar as finanças, saber exatamente o quanto gasta por mês. Para te ajudar nessa tarefa você pode contar com a ajuda de diversos aplicativos como:

Destacamos o Guia Bolso, que além de separar essas dicas, faz todo o trabalho sujo, organizando sua vida financeira em um clique. Os outros aplicativos ainda possuem planilha pra você usar no PC, prontinha, só esperando seus dados.

 

2. Sistema 50/35/15

Já sabe quanto anda gastando? Crie metas para as despesas, deixando definido quanto você pretende gastar em cada área. Os economistas recomendam o sistema 50 – 15 – 35:

  • 50% da sua renda você separa para os gastos essenciais, tais como moradia, alimentação, transporte, educação, bebida e etc
  • 35% da renda fica para manter o life style, pagar o whey, academia, salão, shopping, e o barzinho no final de semana.
  • 15% deve ficar para as prioridades financeiras. Caso você já esteja endividado, a dívida é sua maior prioridade e deve ser quitada o quanto antes possível. Mas, se não tiver dívida, esses 15% devem ficar guardados para aplicar na poupança e emergências futuras.

 

3. Arredonde as despesas para cima e a renda para baixo 

Na hora da criação de metas, sempre arredonde as despesas para as casas de cima e a renda para as de baixo. Se você tem uma dívida de 259 reais, separe 300 para pagar e se você tem 121 reais pra gastar na balada, leve 100. Melhor sobrar do que faltar, né?

 

4. Pague as contas de uma vez

Coloque as datas de vencimento de todas as suas contas fixas para um dia após cair o seu salário. Desse modo, seu controle financeiro fica maior, pois o dinheiro entra e você já paga todas as dívidas, administrando só a grana que precisa para passar o mês.

adulta_sossolteiros

– Eu odeio ser adulta!

 

5.  Poupe o que for possível

Aprenda a poupar. Sobrou dinheiro no final do mês, então guarde! Não importa se foi 5 ou 10 reais, o que importa é você criar o hábito de poupar. Outra coisa boa é voltar aos tempos de infância e manter um porquinho, você sabe que aquelas moedinhas juntas podem valer uma fortuna. Tem gente que até comprou carro.

 

6.  Encare a poupança como despesa

Imagine que sua poupança é uma dívida que você tem consigo mesmo, estabeleça metas e prazos para atingir determinado valor.

 

7.  Truque dos 10%

Uma dica para controlar melhor os gastos é mandar 10% do valor do dinheiro que você for gastar, para poupança. Ex: Quer um tênis de 300 reais? Separe 330 e mande os 30 reais para poupança. É uma boa forma de você saber se realmente tem aquele dinheiro extra ou não.

 

8.  Ganhou um extra? Guarde!

Créditos da nota fiscal, restituição do imposto de renda, 13º ou qualquer outro ganho que não deveríamos contar no dia-a-dia, mande-os para poupança. Quem guarda sempre tem!

dinheiro2_sossolteiros

– É por isso que você vem trabalhando

 

9. Crie prazos e objetivos

Quer quitar uma dívida? Quer comprar um carro? Quer sair do aluguel? Quer um amor pra recordar? Estabeleça prazos, defina até qual data você tem para cumprir aquela meta.

 

10. Procure novas fontes de renda

Em tempos de crise, não dá pra confiar em apenas um emprego ou uma fonte de renda. Não seja conformado, vá atrás de algum freela ou transforme um hobby – como costura, pintura ou cozinha – em uma nova fonte monetária. Lembra a miga que vendia docinhos na faculdade? Pois é, as contas dela estão pagas.

 

11. Se a renda for variável

Nem sempre a renda é fixa, se você trabalha como autônomo, depende de porcentagem nos lucros e etc. sua renda pode variar bastante. O segredo para isso é pegar os últimos 12 meses e fazer uma análise da sua renda. Identifique a renda máxima, mínima, faça uma média e analise quais os meses que você costuma ganhar mais e menos.

Utilize a média mensal como parâmetro para planejamento, nos meses em que ganhar acima da média, envie a diferença para a poupança.

 

12. Dê férias ao cartão de crédito

Cartão de crédito é o famoso amigo da onça, se finge de amigo e nos apunhala por trás. Por quê? Porque ele nos dão a falsa impressão de que temos grana e dificulta o nosso controle de gastos. Dê um tempo para o seu amigo e comece a pagar tudo à vista, depois que estiver habituado com sua nova rotina de gastos, use-o com sabedoria.

credito_sossolteiros

– Ai meu Deus… gastei 900 dólares

 

13. Compras apenas com dinheiro vivo

Não quer gastar mais do que planejou? Vá ao shopping com o dinheiro vivo, ver o dinheiro saindo das nossas mãos e indo para as mãos de outra pessoa é mais assustador do que entregar um pedaço de plástico que depois ainda volta pra você.

Quer fazer melhor? Vá com o dinheiro contado, porque aí mesmo que queira muito aquela sandália (que você sabe que vai entrar em liquidação no próximo mês), não vai ter dinheiro para pagar.

 

14. Compre em lojas de departamento…

Dê preferência as lojas de departamento na hora de comprar roupas para o dia a dia, elas costumam ter peças de todos os estilos a um preço justo.

 

15. …mas compre também algumas peças de qualidade

Não deixe de gastar um pouco com peças de melhor qualidade e que duram mais. O grande segredo é equilibrar – compre 1 peça mais cara por mês, em um ano terá várias opções legais. E lembre-se, uma coisa cara nem sempre tem qualidade, muitas vezes pagamos apenas para ser outdoor.

 

16. Pare de se consolar com compras

Isso é doença, vá se tratar. Tudo bem que hoje em dia quase todo mundo sofre com essa doença, mas você não precisa ser “hipocondríaco”. Se o dia foi estressante, a vida não anda legal, aproveite para sofrer em atacado. Mantenha-se firme nos seu objetivo financeiro, pois quando chegar a felicidade ela ainda vai vir junto com o dinheiro.

compras_sossolteiros

– Quando eu faço compras o mundo fica melhor.

 

17. Utilize os programas de recompensa do cartão de crédito

Você já deu férias para o cartão de crédito, a gente sabe… Mas, se você tiver abusado no mês passado aproveite os pontos acumulados e pesquise quais são os programas de recompensa vinculados ao seu cartão, como programa de milhas. Você pode encontrar algum produto legal, ou uma viagem, e não precisará gastar a mais com isso.

 

18. Peça emprestado

Para as receitas que você não pode bater com um garfo e precisa de uma batedeira, não precisa ir nas Casas Bahias e dividir o carnê em 64x, peça emprestado para um vizinho, aproveita para fazer um social.

 

19. Doe!

Seja solidário, o que não serve mais para você pode servir para outra pessoa. Dessa forma também fica mais fácil você saber o que tem e o que não tem. Logo, na hora de fazer as compras é só verificar se você realmente precisa daquilo ou se você já tem uma parecida que ficava despercebida.

 

20. Avalie o custo-benefício do conserto

Com a enxurrada de aparelhos novos, realmente fica difícil um conserto sair mais barato do que um novo. Mas não custa nada analisar o custo-benefício entre os dois.

 

21. Não abra e-mails de ofertas

As empresas adoram mandar pra gente aquela oportunidade única e imperdível em que seu desconto só funciona se você comprar agora. Evite esse tipo de tentação!

 

22. Não nos deixei cair em tentação

Não compre na base da emoção, aquela propaganda na tv é realmente muito tentadora, mas pense um pouco antes de cair no papo de que aquele desconto é só para os 10 primeiros que ligarem.

poderoso_sossolteiros

– Eu vou fazer uma oferta que ele não poderá recusar. 

 

23. Dia de não comprar nada

Buy Nothing Day acontece sempre no último dia de novembro, fazendo contraponto a black friday – existe apenas fora do Brasil, mas podemos adotar também. Vá na luta contra a sociedade consumista e separe um dia por mês para não comprar nada. Nem um pão de queijo? Nem um pão de queijo! Leve comida de casa para o trabalho, pegue carona, tome o cafézinho da firma e assim você verá que é possível viver sem gastar tanto.

 

24. Considere comprar coisas fora do Brasil

Conhece um amigo que vai pra fora? Peça para ele trazer algum produto, os preços no exterior são bem mais em conta. Mas cuidado, não seja o chato que vai fazer uma lista de cinco itens e fazer o seu amigo perder a viagem só procurando os seus produtos.

 

25. Aproveite os pequenos prazeres da vida

Caminhar pela cidade, tirar um cochilo no meio da tarde, um filminho em casa, muitas vezes são mais divertidos do que programas caros. Valorize as coisas simples, sua alma e seu bolso vão gostar mais de você.

 

26.  Saia menos

Troque o restaurante por um jantar no seu apê, é melhor para curtir seus amigos e a conta sai bem mais barata.

 

27. Use cupons

Aqui no Brasil o uso de cupons não é muito comum, mas eles podem ser muito úteis na hora de conseguir um bom desconto. O site SaveMe reúne as principais ofertas de cupons para te ajudar na pechincha.

cupom_sossolteiros

– Rainha do cupom

 

28.  Academia 0800

Tá duro? Troque a academia por uma caminhada no parque, ou coloque algum tutorial que o SOS já deu, como esse e malhe em casa. Você vai ficar sarado e com dinheiro no bolso.

 

29. Busque alternativas na hospedagem

Na hora de se hospedar, o SOS já deu várias dicas de como economizar, veja qui. Outra alternativa é ficar em albergues, hostels ou alugar um sofá. Sua viagem vai sair bem mais barata. Veja alguns portais com opções de hospedagem bem mais em conta:

 

30. Não ignore os pequenos gastos

Um cafézinho depois do almoço, uma coxinha no meio da tarde, uma sobremesa não faz diferença no orçamento, né? Fazem sim! Esses pequenos gastos do dia-a-dia podem ser um dos grandes vilões no orçamento, gastou 1 real? Anote!

 

31. Faça você mesmo

Nada melhor do que a gente para falar sobre isso, o SOS já te ensinou várias vezes como como evitar o gasto com um profissional, fazendo você mesmo. Dicas desde como pintar a casa, reparos gerais, cozinharaté fazer uma bela faxina.

 

32. Não corte gastos com saúde

Você só vai conseguir mais dinheiro se estiver de bem com a saúde, então esse é o último gasto que deve ser cortado.

feris_sossolteiros

– Por favor, não fique chateado comigo. Você tem sua saúde. Seja agradecido.

 

33. Apague a luz, desligue o ventilador, tire o carregador da tomada

Essa não precisa explicar, né? Básico!

 

33. Compre no atacado

Preço de atacados costumam ser mais convidativos, aqueles produtos que você consome mais valem à pena comprar lá. Só fique atento a data de validade.

 

34. Alimente-se bem

Comer bem faz bem pra o corpo e cara o bolso. Quem mantém uma alimentação saudável e equilibrada vai adoecer menos, economizando com médico e medicamento.

 

Extra. Fique de olho na cotação do dólar hoje

Se tiver guardado alguns dólares, saber a hora de trocá-los pode fazer um gigantesca diferença na graninha extra que você tanto precisava! Fique de olho.

 

Se quiser ver a lista completa, clique aqui.

Imagem de capa: tutorhub

Via: Guia Bolso

Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui