• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

30 de Maio: onde vão acontecer as manifestações contra os cortes na educação

Os atos devem ocorrer em todos os estados do Brasil.

As manifestações a favor da educação e contra os cortes propostos pelo governo Bolsonaro que já ocorreram no último dia 15 em cerca de 222 cidades devem se repetir dia 30 também em todo país.

O ato de amanhã faz parte do movimento batizado de “Tsunami da Educação” e foi convocado por entidades estudantis de nível nacional, como a União Nacional de Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG).

Mais de 100 municípios já confirmaram adesão à 2ª Greve Nacional da Educação de 2019, com adesão maciça dos sindicatos nacionais da área da educação; as centrais CUT, Força Sindical, CGTB, CSB, CTB, Intersindical, Nova Central e UGT também decidiram se juntar a manifestação estudantil.

Abaixo, os locais e horários das cidades que já divulgaram a programação (a lista completa da UNE você encontra nesse link):

Região Norte

– Acre

  • Rio Branco – Praça da Revolução às 11h

– Amazonas

  • Manaus – Praça da Saudade às 15h

– Pará

  • Altamira – UFPA Campus 1 às 16h30
  • Belém – Praça da República às 16h
  • Bragança – Praça das Bandeiras às 16h
  • Castanhal – Praça da Matriz às 16h
  • Marabá – Em frente à UNIFESSPA Campus I às 7h30
  • Santarém – Praça da Matriz às 17h
  • Tucuruí – Praça do Rotery às 8h

– Amapá

  • Macapá – Praça da Bandeira às 15h
  • Laranjal do Jari – Praça Central às 17h

– Roraima

  • Boa Vista – Centro Cívico às 16h

– Rondônia

  • Porto Velho – UNIR Centro às 16h

– Tocantins

  • Palmas – UFT às 18h

 

Região Nordeste

– Alagoas

  • Arapiraca – Bosque das Arapiracas às 9h
  • Maceió – Praça do Centenário às 13h

– Bahia

  • Feira de Santana – Praça Tiradentes às 8h30
  • Irecê – Em frente ao Banco do Brasil (centro) às 8h
  • Jequié – Em frente à Câmara dos Vereadores às 15h
  • Juazeiro – Em frente ao INSS às 15h
  • Paulo Afonso – Praça da Tribuna às 17h30
  • Salvador – Praça do Campo Grande às 10h
  • Serrinha – Praça Luis Nogueira às 7h30
  • Valente – Praça do Forródromo às 8h30

– Ceará

  • Aracape – Praça Matriz às 14h
  • Barbalha – Parque da Barbalha às 8h
  • Fortaleza – Praça da Gentilândia às 14h
  • Limoeiro do Norte – IFCE Campus Limoeiro do Norte às 7h30
  • Sobral – IFCE – Campus Sobral às 18h30
  • Tabuleiro do Norte – Praça da Matriz às 7h30

– Maranhão

  • Bacabal – Praça Silva Neta às 16h30
  • Pinheiro – Praça do Centenário às 15h
  • São Luís – Praça Deodoro às 15h
  • Timon – Praça São José às 7h

– Paraíba

  • Campina Grande – Praça da Bandeira às 13h
  • Guarabira – Praça Lima e Moura às 15h
  • João Pessoa – CCHLA / UFPB às 15h

– Pernambuco

  • Araripina – Praça da Igreja Matriz às 8h
  • Caruaru – Grande Hotel às 8h
  • Garanhuns – Praça Colunata às 10h
  • Petrolina – Praça do Bambuzinho às 11h
  • Recife – Rua Aurora às 15h
  • Surubim – Pátio da Usina às 8h
  • Vitória de Santo Antão – Próximo ao CAV às 13h

– Piauí

  • Teresina (PI) – Em frente ao INSS às 8h
  • Picos (PI) – Praça Félix Pacheco às 7h

– Rio Grande do Norte

  • Currais Novos – Praça Tetê Salustiano às 16h
  • Natal – Praça Cívica às 15h
  • São Miguel – Rua Doutor José Torquarto (em frente ao BB) às 17h

– Sergipe

  • Aracaju – Praça General Valadão às 15h

 

Região Centro-Oeste

– Distrito Federal

  • Brasília – Museu Nacional às 10h

– Goiás

  • Céres – Parque Curumin às 8h
  • Goiânia – Praça Universitária às 15h

– Mato Grosso

  • Cuiabá – Praça Alencastro às 14h
  • Rondonópolis – Praça Brasil às 8h
  • Tangará da Serra – Em frente à UNEMAT às 8h

– Mato Grosso do Sul

  • Aquidauana – UFMS II CPAQ às 16h
  • Campo Grande – Praça Ary Coelho às 15h
  • Três Lagoas – Praça Ramez Tebet às 14h

 

Região Sudeste

– Espírito Santo

  • Vitória – Teatro da UFES às 16h30

– Minas Gerais

  • Belo Horizonte – Praça Afonso Arinos às 17h
  • Itabirito – Praça 1º de Maio às 9h
  • Mariana – Concentração no Terminal Turístico às 15h
  • Montes Claros – Praça Dr. Carlos às 15h
  • Ouro Preto – Concentração na portaria da UFOP às 14h
  • Sete Lagoas – Av. Antônio Olinto às 16h30
  • Uberlândia – Praça do J – UFU às 15h

– Rio de Janeiro

  • Nova Friburgo – Praça Demerval Barbosa às 17h
  • Petrópolis – Praça Dom Pedro às 17h
  • Rio de Janeiro – Candelária às 15h
  • Volta Redonda – Praça Juarez Antunes às 17h

– São Paulo

  • Avaré – Largo São João às 18h
  • Botucatu – Praça da Catedral Metropolitana às 17h
  • Caçapava – Praça da Bandeira às 9h
  • Campinas – Largo do Rosário às 17h
  • Jundiaí – Praça Matriz às 10h
  • Piracicaba – Praça José Bonifácio às 17h
  • Ribeirão Preto – Em frente ao Teatro D. Pedro às 15h
  • Santo André – E.E. Americano Brasiliense às 12h
  • Santos – Estação Cidadania – Ana Costa, 340 às 18h
  • São Carlos – Praça Coronel Salles às 9h
  • São José do Rio Preto – Em frente à Câmara Municipal às 18h30
  • São José dos Campos – Praça Afonso Pena às 16h
  • São Paulo – Largo da Batata às 17h
  • Sorocaba – Praça Cel. Fernando Prestes às 13h
  • Taubaté – Praça Santa Terezinha às 17h
  • Ubatuba – Calçadão do Centro da Cidade às 17h

 

Região Sul

– Paraná

  • Curitiba – Praça Santos Andrade às 18h
  • Foz do Iguaçu – Terminal de Transporte Urbano de Foz do Iguaçu às 15h
  • Londrina – Calçadão do Centro às 16h
  • Maringá – UEM às 9h

– Rio Grande do Sul

  • Bento Gonçalves – IFRS Campus Farroupilha às 13h30
  • Caxias do Sul – Praça Dante Aliguieri às 17h30
  • Lajeado – Em frente à Caixa Econômica Federal às 10h
  • Poto Alegre – Esquina Democrática às 18h
  • Rio Grande – Largo Dr. Pio às 17h30
  • Santa Maria – Praça Saldanha Marinho às 17h
  • Torres – Praça XV de Novembro às 15h
  • Viamão – Calçadão Tapir Rocha às 13h

– Santa Catarina

  • Camboriú – IFC às 12h
  • Chapecó – Praça Coronel Bertaso às 18h
  • Florianópolis – Praça Tancredo Neves às 16h
  • Joinville – Praça da Bandeira às 15h
  • Rio do Sul – IFC às 19h

 

Além das manifestações em território nacional, há confirmação de que elas devem ocorrer também nos Estados Unidos, Holanda, Irlanda, Luxemburgo, Portugal e Suíça.

Fonte(s): PSOL
Daiane Oliveira
Redatora, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui