• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Faz Tudo

chevron_left
chevron_right

21 Dicas-e-Truques para finalmente se ver livre do Chulé

Para dizer adeus ao rato morto que mora no seu calçado.

Se você não sofre por ter chulé, certamente já sofreu por alguém que tem.

Pois é, esse cheirinho desagradável que pode atingir qualquer pessoa desse mundão, é um pesadelo, tanto para quem tem, quanto para quem sente.

Sendo assim, vasculhamos toda a internet, inclusive nosso arquivo SOS, atrás de técnicas, truques e qualquer mandinga porreta que prometa acabar com esse cheiro desagradável. Dá uma olhada!

 

Como evitar

1. Mantenha os pés limpinhos

Antes de tudo faça sempre uma boa higiene nos pés. Limpe bem com uma escovinha macia na hora do banho, quase fazendo uma esfoliação e, importante, seque-os bem! Isso evita não só o chulé, mas frieiras, pé de atletas e outros probleminhas do tipo.

 

2. Evite sapatos de borracha

Um dos principais motivos, se não o principal, para a gente ficar com chulé é a umidade excessiva dentro do sapato. Por este motivo evite sapatos de borracha, pois o material não permite que o pé “respire”.

 

3. Escolha calçados com ventilação

Na hora de escolher o calçado, dê preferência para aqueles que tem uns “buraquinhos” pra ventilar. Pode parecer que eles não fazem muita diferença, mas qualquer lugarzinho para dar uma arejada no pé é bem vindo e pode fazer a diferença.

 

4. Troque as meias

Nada de usar a mesma meia. Troque sempre, pois o tecido da meia pode ir acumulando a umidade e pior, o cheiro vai ficando cada vez mais poderoso.

 

5. Tênis sem meia?

Mesmo não sendo indicado, já que material do calçado acaba absorvendo uma umidade que deveria ser absorvida pela meia, se for usar sapato sem meias, coloque talco!

 

6. Ventile

Tire o calçado pra ventilar sempre que possível. Como já sabe, o suor é o grande responsável pela proliferação das bactérias que causam o cheiro ruim. Dando um tempinho livre para o calçado e para os pés, o suor seca e o cheiro não aparece.

 

7. Escolha as meias certas

Meias de nylon tendem a prender a umidade dos pés, e você já deve ter notado que ela – a umidade – é a grande vilã dos chulezentos. Opte sempre por meias de algodão, o material permite que a pele respire melhor, evitando o suor excessivo.

Mas caso você transpire muito nos pés, uma dica para evitar o aparecimento do cheiro é trocar de meia no decorrer do dia. É uma chateação? Sim. Mas pelo menos você evita o fedor.

 

8. Não tem talco? Vai Maizena!

Isso mesmo, na falta de um talco, você pode usar amido de milho como tal. O produto usado na cozinha fará o mesmo efeito que o talco especial, ajudando a combater a umidade do calçado e livrando você do chulé.

 

9. Creme antitranspirante

Se o seu pé transpira demais, as chances de você andar pra cima e pra baixo com o cheirinho de rato morto grudado no seu calçado são grandes.

Um dica interessante e passar creme antitranspirante nos pés. Tem alguns específicos para essa região, mas a maioria dos existentes no mercado são para a axila. Não se preocupe, pode usar. Não vai fazer mal e a umidade do seu pé vai diminuir consideravelmente. No mercado existem vários, dos mais variados preços.

 

10. Como mais frutas

Segundo o site Remédio Caseiro, especializado em soluções naturais para vida, o mal cheiro pode aparecer devido a falta de zinco no organismo. A publicação aconselha comer frutas como banana, abacaxi, morango e banana para suprir a falta desse nutriente.

 

11. Aposte na tecnologia das palmilhas

Já existem no mercado diversas marcas de palmilhas que oferecem um tecnologia anti-odor, capaz de te deixar livre do cheirinho ruim. Elas nem são muito caras, vale à pena testar e ver se resolvem seu problema.

 

Como eliminar o mal cheiro

12. Gambiarra com areia de gato

Coloque areia de gato dentro de uma meia e deixe no tênis por umas 12 horas. Ela vai tirar toda a umidade do calçado e eliminar o cheiro ruim.

 

13. Vodca barata contra o chulé

Passar um pano banhado em vodca no seu pé ajuda na luta contra o chulé. O álcool presente na bebida funciona como um anti-séptico e destrói as bactérias que causam o odor. Você também pode borrifar um pouco da bebida dentro do calçado.

 

14. Congele o calçado

Se seu tênis ou sapato está muito fedido e não terá tempo para lavá-lo, uma gambiarra que promete solução temporária ao cheiro do chulé é congelar o calçado.

Coloque-o dentro de um saco plástico, por questões de higiene, e deixe-o no congelador de um dia pro outro. Se for possível, ainda salpique um pouco de bicarbonato de sódio dentro do calçado. Adeus cheirinho de chulé.

 

15. Chá vs. Chulé

Para livrar seu calçado do cheirinho azedo do chulé, experimente colocar dentro de cada tênis ou sapato um sachê de chá seco. Ele vai tirar a umidade e, com sorte, o cheirinho ruim.

 

16. Sílica gel no calçado

Sabe os saquinhos de sílica gel que vem junto com vários produtos, como peças de roupa? Ele é ótimo para tirar a umidade da região, portanto, como o chulé fica mais forte quando o calçado está úmido, coloque uns saquinhos de sílica gel lá dentro. Tchau, cheirinho ruim!

 

17. Tênis molhado

Calçado molhado é a “Disneylândia do chulé”. Para evitar que o cheirinho ganhe força, coloque folhas de jornal amassado dentro do calçado molhado. Assim como a sílica gel, ele vai “puxar” toda a umidade, evitando que o mal cheiro se alastre.

 

18. Sachê de Bicarbonato de Sódio

O bicarbonato é um velho conhecido por tirar manchas e eliminar odores. Com chulé não é diferente. Faça pequenos sachês com bicarbonato e coloque dentro do calçado assim que tirá-lo do pé. É importante alertar que o bicarbonato pode irritar a pele, portanto ele não deve entrar em contato com seu pé.

 

19. Ervas e cascas de frutas

Uma boa dica para amenizar os maus odores dos calçados é colocar, em sachê ou até mesmo solto dentro do tênis ou sapato, raminhos de sálvia ou lavanda, pedaços da casca de laranja, limão. Seu aroma cítrico combate aquele fedorzinho.

 

20. Alterne e lave seus calçados

Nada de usar o mesmo tênis ou sapato por um bom tempo. Para que a umidade não se instale e o mal cheiro prevaleça, lave sempre que possível seu calçado além, claro, de alternar o uso com um outro par. Isso dará tempo para que o sapato usado ontem, areje hoje, para ser usado amanhã.

 

21. Deixe o pé de molho

Há várias técnicas para diminuir as chances do seu pé produzir o tão odiado cheirinho de chulé deixando ele de molho em certas substâncias. Destacamos três opções fáceis pra você fazer na sua casa.

  • Coloque os pés de molho em uma bacia grande com uma mistura de água morna e 1/2 xícara de sal. O sal vai diminuir a hidratação da sua pele, reduzindo a quantidade de bactérias da região, responsáveis pelo chulézinho. Faça isso todos os dias, por 20 minutos, durante duas semanas.

  • Em uma bacia, misture partes iguais de água e vinagre e coloque os pés de molho. O produto matará todas as bactérias presentes no seu pé, acabando com o chulé. Faça isso todos os dias, por 30 minutos, durante uma semana.

  • Coloque dois saquinhos de chá preto para ferver em um litro de água por 15 minutos. Depois acrescente dois litros de água fria, transfira o líquido para uma bacia e coloque os pés de molho. Faça isso todos os dias, por 30 minutos, durante uma semana.

Fonte(s): E-Cycle, Men's Health, Saúde Melhor, Gazeta Online, Remédio Caseiro
Redação - Almanaque SOS
Desvendando o dia a dia. Acompanhe o SOS também pelo Facebook, Instagram e Twitter

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui