21 Atitudes práticas que você pode começar AGORA para mudar isso daí; talquei?
  • Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

21 Atitudes práticas que você pode começar AGORA para mudar isso daí; talquei?

Podemos fazer muita coisa para melhorar esse planeta.

Independente do seu posicionamento político ou classe social. Pobres e ricos. Trabalhadores e capitalistas. Estamos todos vivendo um momento de convulsão social no Brasil e no mundo. Lideranças históricas sendo derrotadas e novas formas de governo conquistando o poder.

Se isso vai ser bom ou ruim, basta estudar história só o tempo dirá. Mas não é por conta disso que devemos ficar de braços cruzados esperando o abacaxi cair no nosso colo. Podemos, desde já, fazer a diferença naquilo que acreditamos.

Justamente aí que entra a lista divulgada pelo Gabriel Dread, Mestre em Administração e fundador da Ecovila Aldeia, que tem como missão ajudar pessoas na transição de vida – que vida seria essa?

É exatamente isso que o facilitador explica na thread que publicou no Twitter; são várias dicas práticas para eu, você e todo mundo cantar junto mudarmos isso daí (talquei?) de verdade. Afinal, a mudança começa com o primeiro passo. O nosso.

Vale dizer que essa lista foi publicada originalmente no Facebook pela artista e produtora Diana Yaka Paris.

 

 

1. Plante

“Plante qualquer coisa, em qualquer lugar. Todo mundo sabe do perigo do desmatamento e alimentos tóxicos ou intoxicados, etc. Plante frutas, plante flores, plante árvores, plante sementes nativas, plante qualquer coisa.

Se você mora em apartamento, plante em vaso, plante em saquinhos ou potes reciclados, faça mudas e distribua, plante nas ruas, plante nos parques, plante em qualquer pedaço de chão que encontrar. Cuide o quanto puder, mas mesmo se não puder cuidar, semeie o máximo possivel.”

 

2. Guarde e distribua sementes

“Colete de todas as frutas diferentes que encontrar, de plantas medicinais, aromáticas, ornamentais, alimentícias, etc. Colete e espalhe para outras pessoas e solos.”

 

3. Compre de produtores locais

“Desde alimentos à roupa, produtos cosméticos à objetos decorativos. Seja o que for informe-se sobre a cadeia de produção, compre local, comércio justo e consciente. Priorize orgânicos, agroecológicos, materiais indígenas, quilombolas, rurais, etc.”

 

4. Estude sobre os povos indígenas

“No mínimo o suficiente para saber que cada povo é único, com sua cultura e realidades sócioambientais distintas. Visite comunidades indígenas, quilombolas, ribeirinhas. Conheça o povo brasileiro. Ajude como puder.”

 

5. Leia livros

“Leia livros para você e para os outros, ensine as crianças a amar a leitura, distribua livros, semeie ideias inovadoras.”

 

6. Pare de comer animais

“Se sentir que é impossível: NÃO É. Reduza seu consumo de carne. Seu hábito afeta a Amazônia e todo meio ambiente e financia a morte de animais, povos e florestas.”

 

7. Não polua as águas

“Use apenas (produtos) biodegradáveis o máximo que puder, as águas do planeta são sagradas e essenciais para nossa vida.”

 

8. Reduza seu consumo

“Gere menos lixo. Reutilize e recicle o restante. O mundo não aguenta mais nossos resíduos. Compre apenas o necessário e opte por materiais mais naturais e de maior durabilidade.”

 

9. Ensine história

“Para seus filhos, sobrinhos, netos, afilhados, amigos. Fale sobre o passado de forma que ele não se repita em seu horror. Ensine a respeitar as diferenças.”

Dad and son on dock

 

10. Eduque contra a discriminação

“Machismo, o racismo ou homofobia. Ame e ensine o caminho do amor a todos que estiverem dispostos a ouvir.”

 

11. Invista seu dinheiro no Bem

“Seja o quanto for, busque investir essa energia apenas no que é bom.”


 

12. Seja voluntário para o Bem

“Esteja a serviço, mesmo que seja por dois minutos para ajudar alguém a carregar as compras.”

 

13. Seja honesto

“A corrupção está em nós: se você tem o poder de roubar uma caneta e a rouba, e se tivesse o poder de roubar um milhão, roubaria?”

 

14. Compartilhe suas coisas

“Possuímos coisas que usamos com pouca frequência e podemos compartilhar com outras pessoas; ferramentas, roupas e outros utensílios.”

 

15. Vá de bike

“Sempre que puder, opte por andar de bicicleta ou a pé, reduza o uso do carro e compartilhe caronas quando possível.”

 

16. Faça parte do movimento

“Não fique parado; mãos a obra! Tudo aquilo que você sabe fazer, independente do que for, use para o bem! Use com consciência, use a serviço do amor.”

 

17. Autoconhecimento é fundamental

“Nós somos o mundo, nós somos a humanidade. Não adianta negar: somos aquilo que mais amamos e o que mais odiamos, vamos nos curar, nos aceitar, fazer nossa purificação interna. Desconstrua-se. Só assim seremos seres melhores para o planeta.”

 

18. Tenha esperança

“Já passamos muita coisa como humanidade, piores e melhores, a esperança e a fé que movem os trilhos. Semeie esperança, ande com fé.”

 

19. Sempre que puder opte pela união

“Separação nunca será o caminho. Vamos criar pontes e portas e não muros! O ódio já criou muros demais.”

 

20. Que tudo isso não tenha sido só para chorarmos

“E gritarmos (#elenão), que toda essa força gere um movimento verdadeiro em prol de ações concretas para um mundo melhor, o mundo que sonhamos.”

 

21. Cante, dance, ria, dê as mãos

“Afinal o mundo e suas belezas pertence a todos nós. RESISTIREMOS.”

 

Redação - Almanaque SOS
Sempre tem jeito. Acompanhe o SOS também pelo Facebook e Instagram .

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui