• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Atitude Coletiva

chevron_left
chevron_right

20 Relatos de Relacionamento Abusivo que vão te colocar para pensar

A campanha #MeuExAbusivo trouxe diversas histórias à tona.

Precisamos falar sobre relacionamentos abusivos. Durante 2018, 42% das mulheres entre 16 e 24 anos sofreram algum tipo de violência vinda de seus parceiros. É isso mesmo, quase metade das mulheres – então não dá para simplesmente deixar o assunto passar batido.

Muito tem se falou no Twitter sobre Relacionamentos Abusivos, isso porque a tag #MeuExAbusivo chegou a ocupar os trending topics. Tudo começou quando, no dia 17 de julho, a influenciadora digital Dora Figueiredo publicou um vídeo em que, emocionada, conta que passou por um relacionamento abusivo.

O vídeo foi visto mais de 2,2 milhões de vezes (até esta publicação) e recebeu vários comentários de pessoas comovidas pelo relato de Dora, parabenizando-a pela coragem de falar a respeito e também compartilhando situações de abuso vivenciadas por elas.

Após tamanha repercussão, e com muitos relatos sendo compartilhados com ela, a influenciadora lançou a hashtag #MeuExAbusivo para reunir todas essas histórias de abuso:

“Bom eu estou recendo todo dia milhares de relatos e sinto que estou perdendo a oportunidade de falarmos abertamente sobre relacionamentos abusivos, então vou lançar aqui a #MeuExAbusivo pra contar coisas que ele fazia comigo e assim gerar discussão sobre afinal o que é um RA [relacionamento abusivo]”, escreveu no Twitter.

A partir disso, milhares de relatos foram feitos. Tanto por mulheres, quanto por homens – evidenciando que não há distinção de gênero quando o assunto é relacionamento abusivo.

Separamos alguns para reverberar essa reflexão tão necessária (se teu caso foi destacado aqui e não quer essa exposição, por favor entre em contato com o SOS):

1. “Ele não acreditava que iria melhorar da depressão”

 

2. Controlar as redes sociais do outro também é abuso

 

3. “Não comemorava uma conquista comigo”

 

4. “Tenho as marcas da agressão”

 

5. ‘Tentativa de penetração’ com o outro dormindo = estupro

 

6. “Ele destruia minha autoestima”

 

7. “Me fazia acreditar que eu era louca”

 

8. “Dizia que eu provocava”

 

9. “Me chamou de puta e difamava minha família”

 

10. “Ciumento e traidor”

 

11.  Chantagem emocional = abuso

 

12. “Me tornei uma pessoa insegura, que não confia em ninguém”

 

13. Autocrítica

 

14. “Ele berrou comigo como se eu fosse um bicho nojento”

 

15. “Me sentia culpada e feia”

 

16. “Nunca esteve do meu lado quando precisei”

 

17. “Sempre muito manipulador”

 

18. Sobre viver com medo:

 

19. “Não podia trabalhar, sair, ter amigas…”

 

20. “Os socos eram pra ser em mim”

 

Ainda temos muito o que debater

Infelizmente, alguns homens utilizaram a #MinhaExAbusiva para espalhar piadas deslegitimando todo o contexto da campanha. Felizmente, isso representou uma pequena parcela dos tweets compartilhados.

O que se viu muito foi gente refletindo sobre padrões tóxicos nos relacionamentos:

Além disso existe uma cartilha chamada Namoro Legal, elaborada pelo Ministério Público do Estado de São Paulo. É uma maneira de literalmente estudar sobre o assunto.

Para baixar, clique aqui.

Daiane Oliveira
Jornalista, feminista e mãe. Discute religião, política, sexo e hábitos sustentáveis. Não discute futebol porque não entende. Quem sabe um dia.

Tá na rede!

Em caso de chefe
clique aqui