• Colabore!
  • Sobre nós
  • Contato
  • Anuncie

Crossfit Mental

chevron_left
chevron_right

20 Músicas que tem poder de cura e até combatem a dengue, segundo a ciência

Trata câncer, tristeza, ansiedade, acalma os cachorros e até o Aedes aegypti.

Quem canta seus males espanta! É o que costumam dizer as mamães e vovós, ao serem flagradas cantarolando por aí. E, como sempre, elas estão certas!

Há diversos estudos que comprovam o tradicional ditado popular, mostrando o poder da música para acabar com a tristeza, a depressão e a ansiedade, bastando fazer algumas sessões de musicoterapia. Além disso, escutar música pode ajudar a combater câncer e até mesmo a dengue, conforme pesquisas recentes, e ainda trazer benefícios para animais e plantas.

Que tal adicionar à sua playlist algumas músicas que têm poder de cura? Descubra essas canções a seguir! (A lista está organizada de forma aleatória)

 

1. Weightless – Marconi Union: Trata a Ansiedade

A primeira da lista é ideal para quem anda tendo problemas com ansiedade, já que pode ser mais relaxante que um ansiolítico. No estudo conduzido pelo médico David Lewis-Hodgson, pessoas expostas à música tiveram os níveis de estresse e ansiedade diminuído em 65%.

Considerada a música mais relaxante do mundo, ela foi composta pelos músicos ingleses em parceria com neurologistas e terapeutas do sono, ou seja, o resultado não é por acaso.

 

2. Quinta Sinfonia – Beethoven: Combate o Câncer

A famosa composição de Beethoven teria o poder de destruir células tumorais. É o que descobriu uma pesquisa de cientistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

No estudo feito pelo Programa de Oncobiologia, uma cultura de células MCF-7, relacionadas ao câncer de mama, foi exposta a meia hora de execução da canção. O resultado: 20% delas morreu. A pesquisa busca formas menos tóxicas para tratar o câncer, e com essa novidade poderia substituir a radioterapia pela musicoterapia, futuramente.

 

3. Atmosphères – György Ligeti: Combate o Câncer

O mesmo estudo da UFRJ obteve efeitos semelhantes ao expor as células cancerígenas à obra do húngaro György Ligeti. Entre as células que não morreram, muitas diminuíram de tamanho e perderam granulosidade, mostrando o poder da música para combater tumores.

 

4. One Love – Bob Marley: Acalma os Cachorros

Gosta de relaxar ao som de Bob Marley? As músicas do cantor jamaicano também deixam o melhor amigo do homem mais zen. Quem afirma são os cientistas da Universidade de Glasgow, que em um estudo realizado em parceria com a Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra Animais da Escócia, descobriram que o reggae diminui o estresse nos cães.

O efeito foi igualmente percebido com rock mais suave. Na próxima vez que o seu cãozinho estiver agitado, dê o play em músicas de reggae e aproveite para curtir junto a ele!

 

5. Scary Monsters and Nice Sprites – Skrillex: Combate o Aedes Aegypti

Um grupo de cientistas descobriu que as batidas alucinadas do DJ Skrillex têm o poder de afastar o mosquito que transmite dengue, zika e chikungunya. O segredo estaria na mistura de frequências muito altas e muito baixas da música, incômoda para os mosquitos.

Conforme o estudo, publicado no jornal Acta Tropica, pesquisadores expuseram um grupo de Aedes aegypti ao som da faixa título do disco e notaram que nos mosquitos machos, o som afetou a capacidade de praticar sexo, enquanto as fêmeas não conseguiam chupar o sangue das cobaias com a mesma intensidade.

 

6. Iron Man – Black Sabbath: Fertilizante para Plantas

Além dos metaleiros, quem também curte um rock pesado são as plantas. Tal afirmação foi feita por Chris Beardshaw, britânico especialista em jardinagem.

No experimento feito por ele, as plantas ficaram mais resistentes e floresceram melhor após passarem um tempo em ambientes tocando heavy metal. Os melhores resultados foram obtidos com as músicas da banda liderada por Ozzy Osbourne.

 

7. Música Clássica: Fertilizante para Plantas

Outro ritmo que faz bem para os vegetais é a música clássica. Pesquisadores do Instituto Nacional de Agricultura Biotecnológica da Coreia do Sul expuseram uma plantação de arroz a fragmentos de músicas clássicas, enquanto monitoravam a atividade genética dela.

Resultado: os genes rbcS e Ald, responsáveis pelo crescimento das plantas, foram ativados durante o contato com as ondas sonoras. Dessa forma, colocar as plantas para ouvir Beethoven, Vivaldi e Mozart, entre outros, pode favorecer o crescimento delas.

 

8. Electra – Airstream: Poder Relaxante

Caso você esteja com dificuldades para se desligar após um dia cansativo, ouça esta música. Conforme estudos conduzidos por neurocientistas do Reino Unido, ela faz parte da lista das 10 canções mais relaxantes do mundo.

 

9. Mellomaniac (Chill Out Mix) – DJ Shah: Poder Relaxante

Os quase seis minutos de duração desta música também podem se transformar em um momento de paz e relaxamento para o ouvinte. Ela é outra composição apontada pela ciência para quem quer se livrar do estresse ouvindo música.

 

10. Watermark – Enya: Poder Relaxante e Trata a Ansiedade

As músicas da Enya são sempre lembradas quando se fala em musicoterapia, principalmente para tratar ansiedade. Se você estiver montando uma playlist para relaxar, essa composição não pode faltar.

 

11. Strawberry Swing – Coldplay: Poder Relaxante

Uma das faixas do disco Viva La Vida or Death and All His Friends, lançado em 2008, Strawberry Swing também foi incluída na lista criada pelos neurocientistas britânicos. Pintou aquele sentimento misto de raiva e ansiedade? Coloque-a para tocar.

 

12. The Happy Song – Imogen Heap: Alegram os Bebês

Esta é a primeira música composta cientificamente para fazer os bebês sorrirem. É o que afirmam os autores da obra: a cantora Imogen Heap e dois psicólogos da Universidade de Londres. Segundo eles, a composição foi testada em 26 bebês, com resultado bastante satisfatório.

 

13. Músicas de Mozart: Acalma os Cachorros

Em vez de brigar com os cães que latem sem parar, coloque-os para ouvir Mozart. A música clássica do compositor acalma os animais de estimação assim como faz com os humanos, conforme já comprovaram pesquisadores americanos.

 

14. Thunderstruck – AC/DC: Trata o Câncer

As guitarras pesadas do AC/DC podem ser grandes aliadas da medicina no combate ao câncer. A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade do Sul da Austrália, que utilizaram a música Thunderstruck em conjunto com a quimioterapia para tratar a doença.

Segundo eles, as vibrações da canção geraram micro partículas que fizeram o medicamento atacar somente as células doentes, preservando as saudáveis.

 

15. Begin Again – The Piano Guys: Aumenta a Concentração

Na hora de estudar, a recomendação é evitar locais barulhentos. Porém, essa estratégia pode trazer dificuldades no momento da prova, caso haja ruídos na sala.

Para evitar esse problema, especialistas indicam escutar música enquanto estuda, pois assim você se adapta aos ambientes ruidosos e não se distrai com qualquer som. O ideal é escolher músicas que aumentam a concentração, como as instrumentais, e regular um volume mais baixo.

 

16. Lo-Fi Hip Hop: Aumenta a Concentração

Além das músicas instrumentais, algumas canções com voz também podem estar na sua playlist para os momentos de estudo. Entre as opções, vale apostar no estilo que está super na moda entre os mais jovens, trilhas de Lo-Fi Hip Hop.

Segundo o instituto Hyde School, estudos confirmam que este tipo de música é útil para estudantes e até adultos no local de trabalho. Uma pesquisa descobriu que 86% dos ouvintes tiveram um aumento em sua produtividade e em seus hábitos de estudo.

 

17. Viva La Vida – Coldplay: Ideal para Acordar

Quem costuma acordar mau humorado deve programar o despertador para tocar Viva La Vida, eleita pelo psicólogo David Greenberg, da Universidade de Cambridge, como a melhor música para acordar. De acordo com ele, os acordes e o ritmo da composição a tornam ideal para ouvir de manhã, dando motivação e energia para o dia.

 

18. St. Lucia – Elevate: Fonte de Motivação

Para curar o desânimo e ficar mais otimista, inclua essa música em seu player. Ela também foi citada pelo psicólogo de Cambridge como uma ótima fonte de motivação, graças aos andamentos mais rápidos, que causam um efeito positivo.

 

19. Dancing Queen – Abba: Cura a Tristeza

Jacob Jolij é um neurocientista da Universidade de Groningen (Holanda) que assumiu o desafio de descobrir quais são as músicas que suscitam as melhores sensações no cérebro. No estudo elaborado por ele, o clássico do Abba foi uma das canções apontadas pelos participantes como capaz de despertar alegria e prazer.

 

20. Don’t Stop Me Now – Queen: Cura a Tristeza

Para terminar, escolhemos a música que define cura da tristeza. Lançada em 1978, ela é apontada como a música mais feliz do mundo na pesquisa da universidade holandesa. Ritmo rápido, letra positiva e acordes maiores são alguns dos segredos para as sensações suscitadas pela música cantada por Freddie Mercury.

 

– Faltou alguma música ou estilo musical que te ajude? Não deixe de comentar.

Fonte(s): O Globo, B9, Hypeness, Mega Curioso, Exame, G1, Instituto Oncoguia
Andre Dias
Queria ser jornalista, jogador de futebol ou guitarrista. Escolheu a primeira opção e ficou satisfeito.

Tá na rede!

Quero mais!

Veja mais artigos!

Em caso de chefe
clique aqui